Exposição: O Mundo de Tim Burton – Parte II

Olá amiguinhos!
Depois de toda aquela história longa da preparação para se conseguir um ingresso e todo o sofrimento de um ser antes de uma exposição, hoje vou finalmente contar/mostrar sobre o dia da exposição. 🙅🏻🙋🏻

Chegando na exposição
Eu fui com a minha irmã para a exposição, afinal conseguimos dois ingressos. *-*
Antes de entrar de fato no MIS, do lado de fora tínhamos a visão desse painel abaixo, que dá nome a exposição.

IMG_1124

Painel incrível que fica interativo a noite.

Entrando havia uma mini fila apenas para identificação, pois estávamos com nome em uma lista já que os ingressos que foram comprados tinham sido trocados para o dia dez. Após a identificação recebíamos um adesivo para colar na roupa e depois era só entrar e apreciar tudo que tinha naquele ambiente Burtoniano maravilhoso. *-*

IMG_1132

Do jardim de Edward Scissorhands.

IMG_1175

A entrada para a cabeça do Tim depois de já ter entrado na cabeça do Tim. *-*

IMG_1176

Tô ridícula? Sim! Mas eu estava muito feliz!

IMG_1177

Muita emoção envolvida.

Essas imagens da “cabeça do Tim” que é a porta de entrada para exposição foram feitas no fim. Dentro da exposição não podia tirar foto de nada. 😦

Quando nós entramos para ver a exposição o Tim Burton ainda não estava por lá, porém depois de vermos o primeiro andar e escorregar (sim! Tinha um maravilhoso escorregador para ir para a parte de baixo) para prosseguirmos com a exposição, onde havia aquele balão com a cabeça gigante que todos devem ter visto em algum lugar, (se não viram clique aqui), pessoas que trabalham no MIS avisaram que o Tim havia chegado e que logo menos ele iria dizer algumas palavras em um palquinho que ficava do lado de fora do MIS, um quase abaixo do painel da primeira foto que eu mostrei ali em cima.
Nesse momento meu coração já quase saiu pela boca. Já foi acrescentado tremulação, nervosismo, e tudo que há de bom em mim naquele momento.
Então esta pessoa que veio avisar a todos sobre isso disse que se quiséssemos aguardar lá em cima para ficarmos perto da grade e ter a possibilidade de ver e/ou falar com o Tim poderíamos ir e depois voltávamos para ver a exposição. Ou seja, claro que eu fui lá pra cima conseguir um bom lugar.

Conhecendo o Tim Burton
Eu fiquei em um lugar maravilhoso. Não era perto de onde estava posicionado o microfone onde o Tim iria falar, mas era na grade e ele teria que passar por lá para chegar ao microfone. \o/
Minha irmã, que estava com a câmera profissa não pôde ficar comigo porque ela estava com o ligamento rompido e eram muitos fãs de Tim Burton para que ela pudesse se aproximar sem correr o risco de se machucar.

“Ainnnn, mas Alessandra, por que você não ficou com a câmera profissa?”
Não fiquei com a câmera porque não sei mexer nessas coisas profissas. ¯\_(ツ)_/¯ Vlw flw. ✌🏻

Mas voltando a história emocionante que eu contava… Tivemos que esperar muito tempo para que o Tim aparecesse. E aquele dia não estava muito tranquilo e favorável para esperas ao ar livre. Parecia muito que ia chover, várias ventanias e tals.
Foi uma longa espera.
Eu nunca esperei tanto e tão ansiosamente-praticamente-tendo-uma-síncope alguém na minha vida. Foi uma verdadeira tortura pensando que a qualquer momento ele entraria em direção aquele microfone.
Para vocês terem uma noção do quanto demorou, quando foi dada a notícia de que poderíamos ir esperar ainda era claro, quando o Tim apareceu já estava bem escuro.
Até que a espera acabou…

Eu conheci o Tim Burton!
Eu finalmente o conheci!
Eu não consigo descrever o que senti. Até agora eu não consigo descrever, não consigo acreditar.
Eu o conheci. Eu o abracei. Ele autografou o DVD do meu filme preferido que é dele, obviously. Tiramos uma pseudo foto.
Ainda não consigo acreditar!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não consigo descrever aqui o quão maravilhoso ele é.
Não é porque sou fã dele, mas ele é realmente incrível.
Ele fez de tudo, com o curto tempo que tinha, para atender a todos que estavam lá. Falar com todos, tirar fotos, dar autógrafos.
Até com as pessoas que não conseguiram comprar ingresso para ver a exposição nos dias em que ele estaria lá e estavam do lado de fora do MIS ele fez questão de falar e tirar umas fotos.
Ele realmente é sensacional.
Não por autografar, tirar fotos e ser simpático, mas por ele em si. Por tudo que ele já fez e faz, pela forma como ele pensa. Por ele ser ele. Chega né? Okay! 😁

Depois das emoções
Eu e minha irmã voltamos para a exposição de onde tínhamos parado.
Quando terminamos de ver tudo fomos curtir todas as coisas “grátis” que aquele evento estava oferecendo, como: drinks; frutas; comidas diversas; cervejas-maravilhosas-variadas; etc.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E, fui tentar comprar algum suvenir na lojinha de lá. Porém só comprei três lápis (pois sou a louca dos artigos de papelaria) porque estava tudo decepcionante.
Eu jurava que ia deixar um rim lá porque teriam vários bonecos e eu com toda a certeza iria falir levando tudo do Jack mas, ledo engano. Eles só estavam oferecendo uns botons que eu facilmente encontraria em qualquer outro lugar bem mais baratos; um livro feito pelo MIS sobre a exposição que não valia a pena pelo preço que estavam cobrando; umas camisetas e end!
Mas meu pensamento sobre essa decepção foi exatamente esse “Foda-se todas essas coisas, eu já conheci o Tim Burton *muita histeria dentro de mim envolvida*”

IMG_1372

Única coisa que eu comprei. -.-‘

E foi isso!
Eu poderia viver esse dia em looping.
Espero que tenham gostado dessa bíblia, (eu também esperava que esse post ficasse mais curto mas não rolou, sorry!)

 

Anúncios

9 comentários em “Exposição: O Mundo de Tim Burton – Parte II

  1. Sobre amar o jeito que você escrever e a mega vontade de que se tornem rotineiros seus posts.❤❤
    Amei.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Hellen disse:

    Maravilhosa você, a experience e as palavras, a reconstrução de uma experience não é facil, mas você faz o leitor vibrar contigo, agoniar contigo, muito bom. E sobre o a exposição, você mais que ninguém mereceu esse dia, só quem te conhece, convive contigo sabe como isso foi importante pra ti, parabéns ‘minha estranha’. :-*

    Curtido por 2 pessoas

  3. Antonia Reis disse:

    A felicidade de realizar um sonho não tem preço néh mocinha? Mais o importante é vc ter curtido cada momento ao lado do maravilhoso e excepcional Tim Burton (vc q falou, outros elogios tbm, mais não lembro shuashuashuashu).

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s